Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux com nossos pacotes e certificados de presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.

Beneficiário de um presente CRÉATION? Beneficiário de um passe LYS?

Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
Nosso canal de televisão
Veja os nossos vídeos temáticos
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Nova Zelândia

Dê minhas lembranças à...

Escritório da Central de Reservas (Estados Unidos da América)

1 800 735 2478

Indique o código : ROBERTSON

Ligando de um outro país? Clique aqui

Descobrir
as Rotas
du Bonheur de...

Julian Robertson
ver todas as Routes du Bonheur

Proprietário de 3 estabelecimentos Relais & Châteaux na Nova Zelândia: The Lodge at Kauri Cliffs, The Farm at Cape Kidnappers e Matakauri Lodge
Ma Route du Bonheur…Nova Zelândia de norte a sul

Julian Robertson nasceu na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Esse americano criou um verdadeiro império financeiro com o Tiger Global Found e se apaixonou pelas paisagens neozelandesas, onde ele construiu três dos mais belos hotéis do Pacífico. Para concretizar seu amor pelo país, ele ofereceu recentemente ao museu de Auckland, quinze obras dos mestres - Picasso, Gauguin, Matisse e Mondrian - depois de ter realizado uma importante doação por causa do terremoto que afetou Christchurch em 2011. Julian Robertson foi distinguido Cavaleiro honorário da Nova Zelândia, o mais importante título honorífico do país.

Foi em 1978 que eu vim pela primeira vez à Nova Zelândia. Eu e minha esposa havíamos decidido tirar alguns meses para aproveitar os nossos jovens filhos e para que eu pudesse escrever um livro autobiográfico. Ficamos por seis meses e eu amei cada minuto vivido no país. Finalmente, eu retornei em 1995 e me engajei no projeto de Kauri Cliffs. Na época, eu não sabia que esse era apenas o primeiro passo de um investimento pessoal e financeiro. Desde então, eu venho várias vezes por ano para aproveitar as inacreditáveis paisagens neozelandesas, talvez as mais belas do mundo. Para muitos de meus amigos, existe hoje uma parte Kiwi* em mim...

Para inspirar o viajante, Relais & Châteaux propõe suas Routes du Bonheur: sugestões de itinerários que você poderá adaptar conforme seus interesses e experiências desejadas. Nossos consultores estão a sua disposição para personalizar o seu roteiro e auxiliar suas reservas em nossos estabelecimentos.
Exemplo para uma estadia de 9 noites a partir de 7365 NZD*.
* Preço mínimo estimado por pessoa, sujeito á disponibilidade, com base em um quarto duplo ocupado por duas pessoas, incluindo hospedagem, café da manhã e jantar (com base em um menu, sem bebidas inclusas) nos estabelecimentos sugeridos no itinerário.
A reserva de atividades no local e nas proximidades é de responsabilidade do cliente.

Minha Rota du Bonheur
Primeira etapa: 4 dias, 3 noites

Kauri Cliffs

Os 18 buracos mais bonitos do mundo
Kauri Cliffs
Em 1995, nós decidimos transformar essa fazenda de carneiros em um hotel cinco estrelas. Situado na parte setentrional da ilha do Norte, a propriedade possui por volta de 2.400 hectares. Na primeira vez em que eu e minha esposa viemos ao local, nos apaixonamos. Imagine uma vista panorâmica das ilhas Cavalli e do cabo Brett, com praias privadas sublimes, colinas verdes, uma floresta virgem e cachoeiras. Um lugar dos sonhos onde colocamos um dos mais belos campos de golfe do mundo...

Perto da propriedade...

Nouvelle traduction : Golf Kauri Cliff

Realizado em 2001, o trajeto de Kauri Cliffs é considerado uma obra-prima do arquiteto David Harman (que foi colega de trabalho de Jack Nicklaus e Arnold Palmer). Em dois anos, David fez 46 viagens entre a Flórida e a Nova Zelândia para transformar as paisagens selvagens em um golfe único. O conjunto propõe 18 buracos sobre 6.510 metros (por 72) em um cenário de tirar o fôlego: 15 buracos dão para o oceano Pacífico, sendo seis junto às falésias. Um ano depois de sua realização, o percurso já constava entre os mais belos do mundo! Frederick Couples, antigo número um do ranking, disse ter sido o mais belo lugar que já jogou...

Voo de helicóptero

É aqui, ao longo da ponta setentrional da ilha do Norte, que o mar da Tasmânia e o oceano Pacífico se encontram. De helicóptero, avistamos o que a natureza nos oferece de melhor. Voamos sobre as falésias e uma costa magnífica. Com um pouco de sorte, sobrevoamos cardumes de peixes, tubarões e baleias, que continuam a evoluir nesse canto do mundo esquecido pelos homens. Meu voo predileto entre as várias ofertas que propomos aos clientes...

Tane Mahuta

Situada na floresta de Waipoua, Tane Mahuta é mais do que uma árvore. Ela pertence à espécie Kauris, cujas mais velhas árvores possuem troncos enormes e são consideradas verdadeiras divindades pelos Maoris. Tane Mahuta significa "senhor da floresta". Na primeira vez que fui ao local, eu estava acompanhado de um homem com mais de dois metros de altura, que diante dessa árvore, parecia uma criança. Me lembro de ver o sol se pôr lentamente, até o último raio de luz atravessar seus galhos... Um verdadeiro espetáculo.

Podemos aconselhá-lo na reserva de sua rota. Contate sua Central de Reservas :

1 800 735 2478

Indique o código : ROBERTSON

Ligando de um outro país? Clique aqui

Revenir en haut de page
Segunda etapa: 4 dias, 3 noites

The Farm at Cape Kidnappers

Todos os prazeres da Nova Zelândia
The Farm at Cape Kidnappers
No centro de uma bela região vinícola, esta propriedade é gerenciada pelo meu filho Julian Robertson III. Nós a abrimos em 2007, após seis anos de trabalho. Se o prédio principal parece uma gigantesca granja, os quartos são bem contemporâneos e confortáveis. O estabelecimento e o terreno são muito prezados pelos amantes do golfe, que vêm dos quatro cantos do mundo para curtir essas instalações.

Perto da propriedade...

Os vinhos de Hawkes Bay

Desde a metade do século XIX, Hawkes Bay é conhecida pela produção de alguns dos melhores vinhos da Nova Zelândia. Foram os missionários vindos da França os primeiros a plantar e explorar suas videiras. Vale lembrar que essa região é uma das mais ensolaradas do país e suas terras são beneficiadas por um clima marítimo propício à elaboração de vinhos tintos e brancos de qualidade. Suas garrafas de Merlot e Cabernet constam nas cartas dos melhores restaurantes do país.

O golfe de Cape Kidnappers

Aqui, jogamos em meio às pastagens, entre greens, bunkers e carneiros, nas encostas do Pacífico (o décimo quinto buraco é chamado de “prancha dos piratas”!). Avançamos entre as falésias de calcário e sobrevoamos as pequenas manukas, árvores-do-chá que na primavera ficam repletas de belas flores vermelhas. Desenhado por Tom Doak, esse golfe foi igualmente consagrado pela Golf Magazine entre os 100 mais belos do mundo. Podemos classificar esse percurso como fechado e rápido (18 buracos, 6.510 metros por 71). Um conselho: atenção ao vento!

Um paraíso selvagem

O terreno da The Farm at the Kidnappers parece ter seu próprio ecossistema. Nos arredores do hotel, encontramos espécies de pássaros inacreditáveis, como o ganso-patola; 20.000 indivíduos dessa espécie vêm se reproduzir ao longo das falésias entre os meses de setembro e abril. Podemos ver também o kiwi, um pássaro selvagem que é o símbolo da Nova Zelândia. O kiwi não sabe voar. Durante o dia, ele se esconde em tocas ou debaixo de raízes, de noite, sai para procurar alimento. Finalmente, descobrimos também o tuatara, um lagarto que só existe na ilha e que parece ter saído do mundo dos dinossauros, perambulando tranquilamente perto dos visitantes...

Podemos aconselhá-lo na reserva de sua rota. Contate sua Central de Reservas :

1 800 735 2478

Indique o código : ROBERTSON

Ligando de um outro país? Clique aqui

Revenir en haut de page
Terceira etapa: 4 dias, 3 noites

Matakauri Lodge

Serenidade e bem-estar absolutos nos Antípodas
Matakauri Lodge
Em 2009, nós finalmente criamos um terceiro estabelecimento no sudoeste da ilha do Sul, a última joia de nossa coleção. Situado nas bordas do lago de Wakatipu, o Matakauri Lodge é beneficiado de um terreno remarcável em frente à cadeia montanhosa de Remarkable, do Cecil Peak e do Walter Peak. A apenas alguns minutos dessa paisagem, que parece ser a mesma há milênios, podemos aproveitar a cidade de Queenstown, a capital mundial da aventura.

Perto da propriedade...

Queenstown, uma cidade a parte

Eu gosto muito de Queenstown. Nessa cidade de 10.000 habitantes comemos o melhor da Nova Zelândia. Situada nas proximidades de um belo lago e de incríveis montanhas, Queenstown é acima de tudo a capital mundial da aventura. As paisagens no entorno do vilarejo muito inspiraram o meu amigo Peter Beadle, um dos grandes pintores paisagistas da Nova Zelândia. Eu adoro me perder nesses quadros, que evocam o lago Wakatipu, os Alpes do Sul e as florestas do Fiorland...

Aventura e fortes sensações

Os arredores de Queenstown oferecem tudo o que os apaixonados pela natureza e por fortes sensações sonham. Por aqui, nenhum dia se parece com o outro: em algumas horas passamos do bungee jumping ao rafting, do parapente a uma caminhada na neve. Pessoas de todo o país vêm para esquiar, saltar, escalar... Eu já não tenho idade para isso tudo, mas eu amo a atmosfera jovem e entusiasmada que reina nessa região. Essas paisagens inspiraram Peter Jackson a rodar inúmeras cenas de sua trilogia, O Senhor dos Anéis.

Descobrir o Milford Sound

Com mais de 12.100 km², Fiorland é o maior parque nacional da Nova Zelândia. Ele é composto de numerosos fiordes, dentre os quais o esplêndido Milford Sound. A natureza daqui permaneceu selvagem, talvez por isso essa parte da ilha seja classificada como patrimônio mundial da Unesco (Te Wahipounamu). Meu filho, que gerencia os nossos estabelecimentos, sempre vem pescar no parque. Eu o acompanhei uma única vez, mas não me lembro de conseguir pescar um só peixe!

Podemos aconselhá-lo na reserva de sua rota. Contate sua Central de Reservas :

1 800 735 2478

Indique o código : ROBERTSON

Ligando de um outro país? Clique aqui

Textes : © Guides Gallimard