Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux com nossos pacotes e certificados de presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.

Beneficiário de um presente CRÉATION? Beneficiário de um passe LYS?

Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
Nosso canal de televisão
Veja os nossos vídeos temáticos
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Imprimir esta página Envie esta página para um amigo

Johann Lafers Stromburg.

Restaurante de um Grand Chef Relais & Châteaux e hotel no campo. Alemanha,Stromberg

Johann Lafer

Chef
Johann Lafers Stromburg Stromberg D-55442

Quando eu era criança, eu gostava tanto de cozinhar quanto de jogar futebol. Eu cresci na Estíria, e a maior parte dos produtos com os quais nós cozinhávamos eram produtos de nossa fazenda. Foi assim que eu aprendi, desde muito cedo, a respeitar enormemente os alimentos e, ainda hoje, a qualidade dos produtos e uma preparação cuidadosa constituem a regra absoluta para a minha cozinha; incluo aí, claro, a criatividade individual.

Após a minha formação em Graz, eu decidi partir para a Alemanha. Primeiro em Berlim, depois em Hamburgo, com o chef Josef Viehauser no restaurante Le Canard. A colaboração com Dieter e Jörg Müller, assim como com Eckart Witzigmann, nos anos que seguiram, me marcaram particularmente. Depois de um intervalo com Gaston Lenôtre, em Paris, no mundo maravilhoso da pastelaria, eu postulei pela primeira vez a um posto de chef de cozinha com a minha esposa atual, Silvia Buchholz-Lafer.

Durante onze anos, eu dirigi aqui, enquanto chef de cozinha e depois proprietário, juntamente com a minha esposa, o restaurante Le Val
d´Or de Guldental. Quando, na localidade vizinha de Stromberg, o Stromburg foi colocado à venda, nós não hesitamos. Após importantes trabalhos de transformação, que constituíram uma verdadeira proeza, nós abrimos, no final de 1994, o Johann Lafers Stromburg, com o nosso restaurante Le Val d’Or e o Bistro d’Or.

Hoje ainda, os olhos brilhantes de prazer dos nossos clientes constituem a nossa mais forte motivação.


Qual foi a sua maior emoção gastronômica?
A experiência mais positiva foi quando a minha filha de 14 anos me serviu uma sobremesa perfeitamente preparada a partir de meu primeiro livro de cozinha. A mais negativa: quando fui convidado para ir a China, eu tive a "honra" de encontrar o olho de um carneiro na minha sopa. Durante dias, fiquei com a impressão de que qualquer coisa me observava dentro de mim.

O incidente de cozinha mais divertido pelo qual você já passou?
Um cliente nos tinha prevenido que ele pretendia pedir sua namorada em casamento e, assim, pediu para escondermos o anel de noivado, muito valioso, em um dos componentes da sobremesa. Para a grande surpresa do noivo, a sua bem amada só comeu uma garfada da pequena torta que continha o anel. Eles depois se casaram, de novo em nosso estabelecimento, com anéis novinhos.

Seu conselho mais importante para os cozinheiros de fim de semana?
Os cozinheiros amadores cozinham com prazer e gostam de agradar os outros no plano da culinária. Como, em geral, os cozinheiros amadores não podem contar com uma grande equipe de ajudantes, é importante prever o tempo suficiente para se organizar corretamente.
É preciso também não tentar fazer muitas coisas ao mesmo tempo. É melhor convidar pessoas com mais frequência. É bom também fazer pratos com antecedência e sempre cuidar da qualidade dos produtos e de os preparar com amor e com muito cuidado.


Hotel
Data Check-in



Escritório da Central de Reservas (Estados Unidos da América)

1 800 735 2478

Ligando de um outro país? Clique aqui