Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux Lys com nossos pacotes e cheques-presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.
Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Imprimir esta página Envie esta página para um amigo

Restaurant Initiale.

Restaurante de um Grand Chef Relais & Châteaux na cidade. Canadá,Québec

Yvan Lebrun

Chef
Restaurant Initiale Québec G1K 4A1

Eu nasci em Cancale, na Bretanha, de uma mãe costureira e de um pai marinheiro. Meu avós trabalhavam na terra e vendiam peixes.

Com a idade de 14 anos, eu trabalhei na Métairie de Beauregard em St Malo, ao lado de Jacques Gonthier, que tinha completado o seu aprendizado em Paris nas grandes maisons, como Lasserre, Ledoyen et Laurent. Ele foi, para mim, um professor maravilhoso de cozinha e um segundo pai. Graças a ele, eu consegui encontrar um sentido para o meu trabalho e realizar com proveito uma volta à França das panelas durante os anos 1980.

Eu cheguei ao Quebec em 1986 e me tornei subchefe do Hilton que estava sob a direção de Jean Soulard. Ali, eu travei conhecimento com Rolande Leclerc, que era gerente do hotel em Croquembouche. Juntos, em 1990, nós abrimos o nosso restaurante Initiale, que me permitiu definir a minha própria identidade culinária.

Eu faço uma cozinha que parece comigo. Convivialidade, generosidade, pratos de coração são as palavras que a definem.


Qual foi a sua maior emoção gastronômica?

Ainda muito novo, a minha primeira saída com a família ao restaurante, na ocasião de um casamento que me impressionou fortemente. A boa cozinha se combinava, ali, com a generosidade da recepção e da convivialidade.



O incidente de cozinha mais divertido que você já presenciou?

Um dia, quando o meu restaurante estava cheio, aconteceu uma pane de eletricidade. Nós, então, tivermos de lançar mão dos aquecedores de camping a propano para a cozinha e as velas para iluminar a sala de jantar. Em resumo, conseguimos que ninguém desse conta do que estava acontecendo... A nossa clientela achou tudo aquilo divertido e romântico.



Seu conselho mais importante para os cozinheiros de fim de semana?

Não seguir as receitas ao pé da letra. Inovar, inventar e, sobretudo, bem dosar de acordo com a vontade do momento.