Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux com nossos pacotes e certificados de presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.

Beneficiário de um presente CRÉATION? Beneficiário de um passe LYS?

Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
Nosso canal de televisão
Veja os nossos vídeos temáticos
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Imprimir esta página Envie esta página para um amigo

Eleven Madison Park.

Restaurante de um Grand Chef Relais & Châteaux na cidade. Estados Unidos da América,New York

Daniel Humm

Chef
Eleven Madison Park New York 10010

Eu nasci em uma vila chamada Strengelbach e, com a idade de 14 anos, eu comecei o meu primeiro aprendizado no Baur, no lago de Zurique. Quatro anos de trabalhos em cozinha, na escola, de experimentações de cozinha e de escritura. A minha primeira experiências de três estrelas Michelin, foi no Le Pont de Brent, um pouco acima de Montreux. Há seis anos, quando eu cheguei em São Francisco para trabalhar no hotel Compton, eu não tinha pensado nos Estados Unidos como destino culinário. De lá, eu fui recrutado por Danny Meyer para trabalhar em Nova Iorque. Ali, no Eleven Masison Park, nós servimos uma cozinha puramente francesa, mas centrada no mercado. Nós utilizamos combinações de sabores clássicos e modernos.

Eu fazia parte de uma equipe de mountain bike suíça na época e tive que tomar uma decisão: o ciclismo ou a cozinha? Eu optei pela cozinha. Há quatros anos que eu pratico maratona. Há dois meses, eu terminei a maratona de Nova Iorque em duas horas e 51 minutos. Trata-se de um esporte que me relaxa e me inspira.


Qual foi a sua maior emoção gastronômica?
Foi quando eu era criança. A minha mãe era uma dona de casa. Ela cozinhava duas refeições por dia. Eu voltava da escola e tentava adivinhar o que tinha para comer pelos cheiros! O meu prato preferido que ela preparava era a vitela à maneira de Zurique, com rösti. Eu tive sorte também, quando eu era muito nova, de ajudar uma camponesa que estava indo a um grande mercado às duas horas da manhã e de poder observar as pessoas negociando alimentos maravilhosos.

O incidente de cozinha mais divertido que você já presenciou?
Uma nova chef de setor do nosso restaurante trabalhava conosco pela manhã e fazia a escola hoteleira à noite. Um dia, após as aulas noturnas, ela voltou para casa e dormiu. Quando ela se acordou algumas horas mais tarde, ela pensou que era já o outro dia, quando, na realidade, ela só tinha dormido duas horas. Ela voltou correndo, colocou a roupa do trabalho e se derramou em desculpas pelo atraso. Finalmente, eu lhe disse: "Veja, são 8 h da noite e não 8 h da manhã de amanhã... Você saiu do trabalho não faz muito tempo!".

Seu conselho mais importante para os cozinheiros de fim de semana?
Mantenha-se simples e cozinhe com produtos da estação. Uma maior dificuldade não vai tornar necessariamente o seu prato melhor.