Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux Lys com nossos pacotes e cheques-presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.
Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Imprimir esta página Envie esta página para um amigo

Il Luogo di Aimo e Nadia.

Restaurante de um Grand Chef Relais & Châteaux em uma cidade. Itália,Milano

Alessandro Negrini & Fabio Pisani

Chef
Il Luogo di Aimo e Nadia Milano 20147

Alessandro Negrini (nascido em 1978): Desde minha infância, passada nos campos e pastagens montanhescas em Valteline, a cozinha faz parte de minha vida cotidiana. Essa paixão evoluiu durante minha passagem no Palace em St. Moritz. De um pequeno vilarejo em Valmalenco a uma brigada de 50 cozinheiros: que mudança!
Em seguida, passei do hotel Palace para o Gallia Palace em Punta Ala, e mais tarde para o Il Luogo di Aimo e Nadia, onde trabalhei por três anos. Depois, segui minha formação no Domaine de Châteauvieux em Genebra e no Dal Pescatore em Canneto sull’Oglio.
Em 2005, retornei ao Il Luogo di Aimo e Nadia, acompanhado por Fabio. Tínhamos pressa de iniciar um novo projeto com Stefania Moroni, para assegurar o futuro da nova geração do Il Luogo.
br/> Fabio Pisani (nascido em 1978):
Aos 14 anos, meu tio, que era chefe, levou-me ao seu restaurante na França, onde fiquei impressionado pela paixão e pela competência. Foi a razão pela qual eu decidi começar minha carreira.
Após obter meu diploma, trabalhei em diversos restaurantes renomados da Europa, como o Grand Véfour em Paris, o Waterside Inn em Londres e o Dal Pescatore em Canneto sull’Oglio.
Em 2005, entrei no Il Luogo di Aimo e Nadia, acompanhado por Alessandro e por toda minha paixão pela cozinha, o que fez com que os clientes sentissem "o coração pulsando" em meus pratos.
No Il Luogo di Aimo e Nadia, Alessandro e eu interpretamos a rica cultura culinária italiana propondo-a de um jeito inovador. Nossa cozinha é italiana e contemporânea; ela é guiada pelos produtos de base do terroir italiano.
Nossa abordagem respeita os sabores originais, com receitas que expressam o caráter específico e a qualidade dos ingredientes propostos de uma maneira única, significativa e complexa.


Qual foi sua maior emoção gastronômica?
Alessandro Negrini
Quando eu era muito mais jovem e fui pela primeira vez no Il Luogo, entrei na cozinha ainda com as bagagens e Nadia me fez experimentar o molho que ela estava preparando. Num piscar de olhos, graças a este gesto simples, me senti parte deste lugar excepcional.

Fabio Pisani
A primeira vez que eu comi no Il Luogo di Aimo e Nadia: imediatamente compreendi que a cozinha era o que eu queria fazer, me senti no lugar certo.
Qual o incidente de cozinha mais engraçado que você já viveu?
Alessandro e Fabio
Quando pedimos a um jovem cozinheiro para pegar "um pombo" e ele, ao invés de ir à geladeira, foi pegar o pombo que estava no nosso jardim, depois de ter machucado sua pata.

Qual é seu melhor conselho para os cozinheiros de domingo?
Alessandro Negrini
Ser sempre curioso e nunca parar. Estamos o tempo todo pesquisando; tudo começa com novas ideias que temos a cada dia. Os chefs estão sempre propondo algo novo, mas o fazem com suas próprias reflexões e identidade.

Fabio Pisani
Temos muita sorte, pois a Itália nos oferece produtos, sabores e técnicas excelentes, além de inspirações infinitas. Preservamos então nossas cidras, nossos "chícharos" ou grãos-de-bico... os jovens chefs não se esquecem jamais desse estilo italiano.