Fechar Fechar
Relais & Chateaux é uma coleção exclusiva dos 500 melhores hotéis de luxo e restaurantes gourmet em 60 países.
Das vinhas de Napa Valley até as praias de Bali, as oliveiras na Provence até as reservas da África do Sul, Relais & Châteaux reúne as paisagens mais bonitas da viagem para descobrir todas as regiões de cada país.
Fechar Fechar
A arte de dar Relais & Châteaux Lys com nossos pacotes e cheques-presente CRÉATION. Para um fim de semana encantador em um ambiente excepcional, uma vida fora do mundo, ou um jantar gourmet à mesa de um dos nossos grandes chefs, mais de 300 casas Relais & Chateaux bem-vindos aqueles que você selecionado para preencher, para uma experiência inesquecível.
Fechar Fechar
Descubra uma turnê mundial da coleção da Relais & Chateaux. Seja qual for a ocasião, independentemente da duração da sua estadia, cada instituição vai oferecer o melhor de sua cultura e seu terroir.
Nosso canal de televisão
Veja os nossos vídeos temáticos
 
 
Fechar Fechar
Viver uma experiência Relais & Châteaux é experimentar novas sensações. Cada uma das nossas instalações oferece para explorar uma paleta sensorial única, onde a beleza de um lugar, o calor da acolhida e da qualidade de uma tabela são combinados à perfeição. Fragrâncias e sabores, cores e paisagens tornam cada estadia um momento raro e intenso
Fechar Fechar
Descubra a excelência da gastronomia oferecida em nossas instituições: Clássico ou contemporâneo, é sempre inventivo e surpreendente. Criatividade comemorado em todo o mundo, como nossos grandes Chefs estão entre a elite da gastronomia mundial.

Imprimir esta página Envie esta página para um amigo

Le Manoir aux Quat’ Saisons.

Restaurante de um Grand Chef Relais & Châteaux e hotel no campo. Reino Unido,Oxford

Raymond Blanc et Gary Jones

Chef
Le Manoir aux Quat’ Saisons Oxford OX44 7PD

A minha infância foi provavelmente um clichê da vida rural francesa. Ela estabeleceu os fundamentos e a estrutura da minha abordagem, tanto com relação à cozinha quanto em relação às pessoas. Com a idade de sete anos, o meu pai me levou ao jardim, me disse para pegar um punhado de terra, examiná-la, senti-la e prová-la! E, claro, eu fiquei mais responsável pelo duro trabalho no jardim, enquanto que os meus amigos jogavam futebol. Era preciso também colher os legumes, limpar o canteiro, cortar os legumes, que a minha mãe cozinhava e acondicionava em garrafas para o inverno. A partir da idade de sete anos, eu era um caçador-colhedor nas matas da Franche-Comté, onde nos seus prados crescem uma quantidade maravilhosa de produtos. Cogumelos, chanterelles, aspargos selvagens, frutas selvagens e flores. Tudo o que nós colhíamos era levado para a minha mãe, que cozinhava uma parte, e o resto era vendido à beira da estrada. Isso me deu um bom conhecimento dos ciclos das estações e também fez de mim um homem rico com a idade de 10 anos.

Quando nós tínhamos frango ou coelho em casa, eu fazia tudo o que eu podia para deixá-los preparados para a panela. A cozinha era o centro da nossa casa. Mas, a comida era também um presente, um ato de amor que devia ser compartilhado com todo mundo ao redor, com a família. Todos esse valores impregnaram a minha própria abordagem da cozinha e a preparação dos alimentos.

Quando eu era um menino em Besançon, eu testemunhei o prazer das pessoas em comer no restaurante, e eu disse a mim mesmo: "Eu também quero dar esse prazer às pessoas". Tem a ver com a capacidade de se comprometer com aquilo que você faz. Eu não posso dizer que eu sou mais genial do que os outros, mas posso dizer que eu trabalhei um pouco mais duro do que a maioria das pessoas. Você não pode ser o melhor de todos. Eu sabia de coisas o suficiente para me cercar de pessoas excelentes, uma equipe formidável.


Qual foi a sua maior emoção gastronômica?
Quando me pediram para cozinhar para crianças muito novas em nosso hospital comunitário de Marsen, em Oxford. Aquelas crianças, com idades entre 7 e 10 anos, sofriam de câncer e de leucemia. Elas foram extremamente receptivas à minha cozinha.



O incidente de cozinha mais divertido que você já presenciou?
A minha cliente preferida, de longe, era a Rainha mãe. Eu tenho uma história pra contar que é totalmente verdadeira. Eu cozinhei com tanta frequência para ela que, um dia, ela se virou para mim e me disse: "Senhor Blanc, você já fez tanto por mim, enquanto eu fiz tão pouco por você. O que será que eu poderia fazer por você?". E, em seguida, ela mesma respondeu à sua pergunta e me disse: "Eu sei o que eu vou fazer para você. Eu vou fazer uma visita ao Manoir". E foi o que ela fez. Em um belo deia de agosto, três Bentley chegaram com as bandeiras reais e tudo o mais. A Rainha mãe saiu de um dos carros, com vários de seus amigos, eles eram cerca de 50, todos vestidos com cores vivas. Ela comeu no salão principal, junto a todos os clientes. Aquele foi um espetáculo magnífico. Após a refeição, ela se virou para mim e me perguntou "qual foi a sua maior conquista, Sr. Blanc?". Eu disse a mim mesmo: "Oh, meu Deus, o que eu devo responder-lhe?. Eu disse, tentando parecer inteligente, que a minha maior conquista tinha sido fazer com que 200 ingleses e inglesas cantassem a Marseillaise com a mão no coração. Naquele momento, todos os clientes do restaurante ficaram brancos: eles não podiam acreditar que eu tinha dito aquilo. Mas, ela se virou para mim com um grande sorriso e, mudando a bengala para a mão esquerda, levantou-se e disse: "Eu também, Sr. Blanc, eu vou cantar a Marseillaise". Aquilo foi incrível. Ela tinha quase 92 anos naquela época e insistiu em conhecer todo o pessoal do restaurante e em apertar a mão de um. Aquele foi um dia muito especial.



Seu conselho mais importante para os cozinheiros de fim de semana?
Jamais cozinhe um prato novo para os seus convidados. Experimente-o primeiro com a sua família e com os amigos próximos, que já lhe conhecem há muito tempo. A boa comida começa com ingredientes sadios. Utilize somente alimentos frescos, da estação, orgânicos, se possível, para garantir uma refeição sadia e uma boa qualidade nutricional. Tente preparar a entrada e a sobremesa com antecedência, de maneira a poder elaborar o prato principal quando os seus convidados já tiverem chegado.


Hotel
Data Check-in



Escritório da Central de Reservas (Estados Unidos da América)

1 800 735 2478

Ligando de um outro país? Clique aqui